PT EN ES

Como as marcas influenciam as decisões de compra

Sumário

As marcas desempenham um importante papel na sociedade, muitas vezes até instigam a criação de comunidades. Estude o comportamento do consumidor, isso é muito importante para se destacar diante de seus concorrentes. Neste texto, você vai compreender como as marcas influenciam a decisão de compra dos seus consumidores.

Vivemos um momento em que existem muitas opções de produtos/serviços, e a forma mais utilizada para se destacar é transmitir mensagens de identificação com seu público. Mas antes de aprofundar o assunto, vamos entender por que a definição de uma marca é importante para o seu negócio. 

O poder cultural das marcas 

Uma marca serve para criar identificação, você é lembrado pelo seu público quando possui um símbolo. É algo que está diretamente relacionado com o sentimento despertado nas pessoas que têm contato com o seu negócio.  

Para atingir esse nível, conheça muito bem o seu público-alvo. Pois suas ações somente serão efetivas se estiverem bem direcionadas. O poder cultural das marcas está diretamente relacionado com as formas de comunicação de conteúdos, porque são eles que influenciam o modo de agir e a decisão de compra. 

Esse processo de “conquista” de uma marca começa com pequenas comunicações. Ou seja, mensagens que introduzem o tema para a sociedade. A segunda parte do processo inclui a aplicação da marca em símbolos, como por exemplo, chinelos da Coca-Cola. 

Em alguns casos as pessoas até assumem posicionamentos de acordo com o reconhecimento da marca. Em muitas situações promovem estilos de vida, mesmo que de forma momentânea.

Uma atitude bastante atual que causa muita identificação é o envolvimento com assuntos de interesse social. Como sustentabilidade, causa animal, ambiental e afins. 

O poder de uma marca na construção de uma comunidade 

Muitas marcas trabalham justamente com a intenção de criar uma comunidade. Você pode fazer isso unindo pessoas que serão fiéis a seus produtos ou serviços. Esse movimento também é chamado de marketing de comunidade, que pode ser utilizado como uma estratégia.

Ou seja, indivíduos passam a criar conexões a partir de um interesse em comum e se identificam por meio deles. Essa técnica também serve para compreender qual é a atitude que os seus consumidores possuem em relação a sua marca. Isso é importante porque ajuda a desenvolver métodos mais focados em seu público-alvo. 

Para isso, observe o que as pessoas comunicam a seu respeito, e mais do que isso, ofereça um lugar de fala para elas (criando grupos e encontros online, por exemplo). Seus consumidores precisam estar apaixonados pelo seu produto/serviço. Assim você constrói uma comunidade engajada com a sua marca, que faz mais do que uma indicação. Ou seja, o seu negócio vira uma prioridade na vida dela. 

Consumidores extremamente satisfeitos são mais do que promotores da sua marca, são defensores. Ter uma comunidade significa que os clientes sentem que fazem parte da sua empresa, como se fizessem parte da sua equipe. Por esse motivo, querem ajudar o seu negócio crescer. 

Comportamento do consumidor e decisões de compra

Antes de tudo, principalmente antes de decidir comprar alguma coisa, o consumidor é impactado por vários fatores, como atitudes, sentimentos, percepções, experiências e afins. Aqui estão incluídos fatores internos (como a pessoa vê a marca) e externos (que envolvem o próprio consumidor).

Para potencializar suas vendas, orientamos que crie um esquema onde poderá identificar fatores que influenciam o comportamento do consumidor. Os mais comuns são: papel social e pessoal, cultura, medos e necessidades, momento da vida, novas tendências, classe social e economia. 

Entre os principais tipos de comportamento de compra estão:

Comportamento Complexo de Compra: não é uma compra habitual. Como por exemplo uma casa, carro, computador, celular, etc. Normalmente envolve muita pesquisa sobre marcas e produtos em busca da melhor opção do mercado. 

Compra Habitual: como o próprio nome diz, aquilo que é adquirido regularmente, como sal, farinha, arroz, por exemplo. São produtos que fazem parte do dia a dia do consumidor e a marca não tem grande peso nas decisões. 

Busca de variedade: são itens com preços relativamente baixos, geralmente o consumidor experimenta várias soluções, alternando a marca, não existe envolvimento com o produto. 

Dissonância cognitiva reduzida: a decisão da compra é tomada a partir de informações como preço e notoriedade da marca. Porém sem levar em consideração a variedade do mercado. Também são compras com preços elevados que possuem grande envolvimento. 

Exemplos de marcas que criam identificação 

McDonald’s – É um dos maiores exemplos do mundo quando falamos de como uma marca influencia uma comunidade. Tanto é que mudou a escrita para “Méqui” de maneira temporária, mostrando que a forma como a maioria de seus consumidores pronuncia o nome da marca também está correto. 

Netflix – Chegou com uma forma inovadora de acessar filmes, influenciou a mudança de comportamento, muitas pessoas preferem ficar em casa assistindo um filme do que ir para o cinema. 

Apple – É considerada uma empresa de sucesso, seus produtos revolucionaram o mercado. Entre as características mais marcantes da marca estão o design e a funcionalidade. 

Harley Davidson – A marca se tornou um estilo de vida para os motociclistas, que se identificam como harleyros. 

Construção de marca

Em conclusão, o sucesso do seu negócio também depende do impacto que você causa em seus consumidores. Por isso, a sua marca deve representar o valor da sua empresa. Encontre formas de se destacar entre seus concorrentes.

Branding é um conjunto de elementos e definições que resultam na sua marca, atrelado a todo esse desenvolvimento está também o conceito da sua empresa, isso mostra para o público o que pode esperar da sua empresa. 

Além disso, a forma como você se apresenta diante da sociedade também diz muito a respeito das pessoas que você pretende conquistar como consumidores. Valorize o relacionamento com o cliente, a experiência que você proporciona, ressalte seus valores, entre outras atitudes. 

É importante lembrar que marca não é apenas um logotipo, mas também os valores, seu posicionamento, escolhas e todas as características que representam o seu negócio. Para ter forte representatividade você deve contar com profissionais que saibam captar a essência da sua empresa e transmiti-la em um único símbolo. 

Na Conceito Prime você encontra um time especializado e com ampla experiência em criação de marcas de sucesso. 

Compartilhar:
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

Envie-nos uma mensagem

Mais Posts:
Isso é tudo! Adicionamos notícias todas as semanas, esperamos você novamente na semana que vem! :)